Um homem abriu fogo contra seis pessoas em um estúdio de ioga, na sexta-feira (2), na Flórida, nos Estados Unidos. Segundo policiais e autoridades

locais, duas pessoas morreram e quatro ficaram feridas, em estado grave. Uma das vítimas é o autor dos disparos, que teria se matado após cometer o ataque. De acordo com o chefe de polícia Michael DeLeo, a corporação recebeu uma ligação às 17h37 (18h37 em Brasília) de algumas pessoas que estavam no estúdio Hot Yoga, em um shopping center de luxo na capital da Flórida, Tallahassee.